Eu Capacito: os 10 cursos de tecnologia mais buscados na plataforma

Imprensa

29.06.2021

Customer Experience é o campeão de interesse. Também estão no ranking programas em Ciências de Dados, UX, Blockchain e Pynthon, entre outros

Por IT Forum

Customer Experience Management é o campeão de acessos no programa Eu Capacito, liderado pelo Instituto IT Mídia e que oferece cursos gratuitos de capacitação em tecnologia voltados à nova economia digital. A plataforma já conta com mais de 150 mil matrículas desde sua fundação, em novembro de 2020.

Também estão no ranking cursos direcionados ao aprendizado da linguagem de programação Python; Ciências de Dados; User Experience (UX), Blockchain Advanced. Para além de capacitações mais técnicas, a lista mostra grande procura por cursos de soft skills, ou seja, aqueles que ajudam a desenvolver habilidades comportamentais e competências subjetivas difíceis de avaliar.

Veja abaixo a lista dos dez mais buscados:

1º Customer Experience Management

O campeão do ranking ultrapassou os tradicionais cursos de programação, sempre muito procurados, e não é difícil entender o porquê. Durante esse período de pandemia, muitas empresas aceleraram o processo de transformação digital, adaptando-se para o cenário digital e relacionando-se com seus públicos de maneira inteiramente online.

Para que os clientes tenham uma experiência inesquecível e agradável, os profissionais especializados em Customer Experience (CX) se tornam cada vez mais necessários para tornar a experiência dentro das plataformas digitais de fácil compreensão e mais intuitiva.

De acordo com o perfil Vagas.com, um profissional dessa área tem um salário inicial de cerca de R$2 mil como analista e, em nível gerencial, o salário médio é de R$5,1 mil, segundo o site Glassdoor. A função, que é relativamente nova, como tudo o que provém do ambiente digital, é apontada por recrutadores, consultorias e especialistas em carreira como uma das mais promissoras do mercado de trabalho, inclusive para o período pós-pandemia. Inscrições aqui.

2º Python

O curso tem o objetivo de ensinar Phyton, linguagem de programação considerada a mais “fácil” de aprender. Ideal para quem está entrando neste mercado e interessante do ponto de vista de empregabilidade, pois tem aplicabilidade em diversas áreas. No cargo de Desenvolvedor Python o salário inicial é de R$ 2,1 mil, com média de R$4,1 mil, segundo o Vagas.com. Inscrições aqui.

3º Empreendedorismo para cuidar do dinheiro

Em terceiro no ranking, o curso “Empreendedorismo para cuidar do dinheiro” mostra que a crise deixou o empreendedor ainda mais atento à gestão do capital para poder fechar as contas no fim do mês. Este programa ajuda os profissionais com dicas rápidas e valiosas sobre como funciona o livro caixa da empresa, o que é o capital de giro e a importância de separar as finanças pessoais dos recursos que pertencem à empresa, entre outras dicas. Inscrições nesse link.

4º Business Intelligence (BI)

Os profissionais de BI são conhecidos por interpretar dados gerando insumos para diversas áreas da empresa. Os analistas de BI podem identificar tendências essenciais para tomada decisões de negócios e para melhorar os processos na organização. Neste curso, os profissionais aprenderão desde a estruturação de dados com modelagem dimensional até o processo de ETL (extração e compilação de dados). Inscrições aqui.

5º Dê seus primeiros passos com Python

A linguagem de programação Pynthon tem atraído o interesse de muitos profissionais e estudantes da plataforma, não à toa aparece com dois cursos diferentes no ranking. O curso Dê seus primeiros passos com Pynthon é uma introdução rápida ao tema e aos processos de raciocínio necessários para criar aplicativos simples usando o Python. Inscrições.

6º Design Thinking

Além de treinamentos voltados para áreas mais técnicas, existe uma grande procura por cursos de soft skills, ou seja, aqueles que ajudam a desenvolver habilidades comportamentais, competências subjetivas difíceis de avaliar. Este é o caso do curso de Design Thinking, sexto colocado no ranking, que ajudará as pessoas a repensarem os processos de transformação digital das empresas. Inscrições.

7º User Experience (UX)

Oferecer a melhor experiência aos clientes é – aliás, sempre foi – prioridade para todas as empresas. E, para isso, elas buscam profissionais dedicados e especializados no assunto. O curso de User Experience aborda desde conceitos introdutórios sobre o tema até a criação de protótipos funcionais por persona. Inscrições.

8º Blockchain Advanced

O curso de Blockchain Advanced já foi líder do ranking do Eu Capacito em razão do crescimento deste setor no último ano e da expansão dos mercados de criptomoedas e de NFTs. O mercado brasileiro segue essa aceleração e está em busca de profissionais especializados, ou seja, capacitações na área continuam em alta. Os salários são, em média, de R$ 10 mil para desenvolvedores. Inscrições.

9º Como Falar em Público

Assim como o sexto colocado no ranking, o curso Como Falar em Público visa treinar uma habilidade do campo comportamental, as chamadas soft skills. Este curso apresenta elementos de linguagem corporal importantes para falar em público e mostra como se preparar e adaptar seu discurso a um público específico. Inscrições.

10º Ciência de Dados

O décimo colocado é o curso de Ciência de Dados, uma profissão em alta no mercado.  O profissional dessa área começa com um piso salarial de R$6,1 mil, um dos mais altos do mercado, de acordo com o salarios.com.brInscrições.

O levantamento corresponde ao período de 1º de maio a 1º de junho de 2021. Os cursos do ranking seguem com vagas abertas.

Publicado originalmente no site It Forum, em 29 de junho de 2021
Fonte: Alunos brasileiros desenvolveram habilidades de tecnologia na pandemia | IT Forum